MEC e Câmara Federal recebem relatório da CPI das Universidades

19/09/2019 14:09

MEC e Câmara Federal recebem relatório da CPI das Universidades
 


Após mais de um ano de intenso trabalho com 24 reuniões e 32 depoimentos a CPI das Universidades da Assembleia Legislativa de Goiás produziu um relatório substancioso com a comprovação de várias irregularidades que foram levadas à comissão através de denúncias.

Como fase final de suas atividades a Comissão Parlamentar de Inquérito, a qual não possui poder policial, está acionando os órgãos competentes para que deem sequência as investigações visando punir os culpados e inibir essas práticas.

Para tanto o relator da CPI, deputado Tales Barreto, e o presidente do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Educação Superior do Estado de Goiás (SEMESG), professor Jorge de Jesus Bernardo estiveram em Brasília no Ministério da Educação (MEC). Na ocasião promoveram a entrega do relatório ao Secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC Ataíde Alves e à Diretora de Supervisão da Educação Superior, Alessandra Regina Brasca. Essa foi a segunda visita ao órgão desde o início dos trabalhos da comissão.

O presidente do SEMESG, Jorge de Jesus, que também representou o Conselho Estadual de Educação no ato da entrega do documento, solicitou empenho do Ministério da Educação na fiscalização dos cursos superiores em Goiás e em todo o país. “Essas práticas de irregularidades, muitas já comprovadas, são muito prejudiciais. Nós sabemos do alto grau de seriedade, de dedicação e até de sacrifício da grande maioria dos estabelecimentos superiores, para que possamos levar um ensino de qualidade aos nossos jovens. Todos eles estão sendo prejudicados”, salientou.

Já o representante do MEC, Ataíde Alves, afirmou que o ministério vai atuar na fiscalização e elogiou a iniciativa da Assembleia Legislativa de Goiás ao criar a CPI.

CPI chega à Câmara

A comissão goiana também esteve no Congresso Nacional quando manteve reunião com o presidente da Comissão de Educação da Câmara Federal, deputado Pedro Cunha Lima. Também participaram os Deputados Federais goianos Professor Alcides e Célio Silveira e integrantes da comissão educacional.

O deputado Tales Barreto informou aos membros da comissão os principais resultados da CPI, afirmando que, além de Goiás, uma outra comissão havia sido formada em Pernambuco. O parlamentar goiano sugeriu que a Câmara Federal instaure uma CPI semelhante, em nível nacional já que se sabe que essas irregularidades também são praticadas em outros estados. Pedro Lima acatou a sugestão e se comprometeu em apresentar essa proposta em plenário.

Assessoria de Comunicação do SEMESG
 

Fotos


Acesso restrito

Cadastre-se em nossa newsletter

Agenda

.

A FECON - Federação de Educação do Centro Oeste e Norte com a correalização dos Sindicatos SEMESG-GO, SEPE-GO, SINEPE-GO, SINEPE-MS, SINEPE-MT, SINEP-TO e SINDEPES – DF e a Covac Sociedade de Advogados, convida para um bate papo virtual, que irá abordar temas atuais que impactam o setor educacional.

.
.

Clipping de noticias

Parceiros








Rua 217, nº 180 Qd. 44 Lt. 10 Setor Leste Universitário Goiânia – Goiás CEP: 74603-090 (62)3225-1472
Interagi Tecnologia