Inep nomeia novos diretores para Daes e Dired

14/02/2022 16:47

Inep nomeia novos diretores para Daes e Dired

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO • 11 de fevereiro de 2022

Fonte da Notícia: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
Data da Publicação original: 10/02/2022
Publicado Originalmente em: https://www.gov.br/inep/pt-br/assuntos/noticias/institucional/inep-nomeia-novos-diretores-para-daes-e-dired

Duas diretorias do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) passaram por mudanças de gestores. Luís Filipe de Miranda Grochocki, que comandava a Diretoria de Avaliação da Educação Superior (Daes) desde o dia 12 de março de 2021, assume a Diretoria de Estudos Educacionais (Dired). Por sua vez, o até então chefe de gabinete da presidência, Álvaro Luís Kohn Parisi, assume a Daes. As nomeações foram publicadas no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 10 de fevereiro.

As mudanças fazem parte de um remanejamento iniciado em janeiro, quando a então diretora de Estudos Educacionais, Michele Melo, assumiu a Diretoria de Avaliação da Educação Básica (Daeb). O presidente Danilo Dupas optou por mudanças internas, permitindo que membros da alta gestão assumissem as novas diretorias. A ideia é fortalecer a cultura de inovação e liderança, prioridades da atual gestão, com as quais os gestores já estão familiarizados.

“Temos como prioridade, entre outras missões, potencializar as informações que produzimos por meio dos exames e avaliações, pesquisas estatísticas e estudos educacionais. Somos uma instituição chave para a produção de conhecimento científico e informações oficiais da educação brasileira. Com essas mudanças, o Instituto aponta para o futuro, com foco na renovação, no fortalecimento institucional e na governança”, afirma Danilo Dupas.

Como executivo de gestão educacional e projetos de inovação, Álvaro Parisi tem mais de 30 anos de experiência na área e atuou em diversas regiões do Brasil, com intensa vivência no que se refere a planejamento estratégico, processos acadêmicos, administrativos e regulatórios. Também tem ampla experiência em gestão de crise em instituições de educação básica, superior e técnica.

Ao assumir a Daes, responsável pelos exames, avaliações e indicadores de qualidade da educação superior sob responsabilidade do Inep, Parisi destaca a expectativa com o desafio. “Chego com a missão de continuar a fortalecer ainda mais a governança e a transparência nos exames e avaliações do ensino superior”, reforça.

Luís Filipe Grochocki assume, agora na Dired, as iniciativas de gestão do conhecimento e estudos educacionais do Inep. Seus planos para a diretoria incluem o desenvolvimento de estudos técnicos e indicadores que permitam o monitoramento eficaz do Plano Nacional de Educação (PNE), além da realização de avaliações de políticas e programas educacionais visando subsidiar tecnicamente as decisões dos gestores educacionais nas esferas municipal, estadual e federal. “A Dired é responsável pela importante missão para a qual o Inep foi estabelecido 85 anos atrás, a execução de estudos e pesquisas educacionais. A equipe de servidores e colaboradores da diretoria é muito experiente, capacitada e comprometida com a melhoria da educação no Brasil”, destaca o diretor.

“Em 2022, apresentaremos à sociedade estudos essenciais para o aperfeiçoamento das políticas educacionais no País, como o impacto da pandemia na execução das metas do PNE. Como gestor e pesquisador em educação, fico muito satisfeito em poder contribuir para o desenvolvimento de políticas educacionais que beneficiem toda a sociedade brasileira”, celebra Grochocki.

Trajetórias e perfis – Luís Filipe Grochocki estava à frente da Daes desde 12 de março de 2021 e foi responsável pela implantação da avaliação externa virtual in loco das instituições de educação superior e cursos de graduação, um case de sucesso da atual gestão do Inep. O modelo foi instituído em abril de 2021, com o objetivo de transpor as dificuldades impostas pela pandemia de covid-19.

Servidor público federal desde 2009, Grochocki é analista em Ciência e Tecnologia da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), vinculada ao Ministério da Educação (MEC). Doutor em Política Educacional pela Universidade de Stanford (EUA) e mestre em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o diretor é bacharel em Relações Internacionais e Direito pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB).

Danilo Dupas lembra que Grochocki chegou ao Inep com o desafio de promover a inovação nas avaliações da educação superior e conseguiu grandes avanços à frente da Daes. “A implantação da avaliação virtual in loco, conduzida pela equipe liderada por ele, é um marco no Inep. O modelo é fruto de um trabalho técnico e sério, que nos permitiu dar celeridade ao processo e realizá-lo com maior transparência. Foi um processo de inovação focado em entrega de valor para a sociedade e redução de custo de transação”, destaca o presidente do Inep.

Luís Filipe Grochocki destaca o importante trabalho desenvolvido à frente da Daes. “Aproveito para agradecer o apoio da equipe da Daes, que trabalha arduamente para trazer inovações e garantir a qualidade da educação superior brasileira. Em 2021, entregamos a modalidade virtual da avaliação externa in loco, que trouxe agilidade, eficiência e transparência às avaliações; reformulamos e ampliamos a Comissão Técnica de Acompanhamento da Avaliação (CTAA), diminuindo em seis vezes o prazo da fase recursal; iniciamos o projeto piloto da avaliação da comissão multidisciplinar prevista na Lei do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes); desenvolvemos conceitos e indicadores de qualidade da educação superior; e realizamos todos os exames — Enade e Revalida — previstos no calendário do Inep, apesar dos desafios impostos pela pandemia. Agradeço a confiança atribuída a mim pelo senhor ministro Milton Ribeiro e pelo presidente Danilo Dupas”, conclui.

Antes de chegar ao Inep, Grochocki foi assessor da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) do MEC, sob a liderança de Danilo Dupas, então secretário. Em sua trajetória profissional, o novo diretor da Daes também já exerceu os cargos de coordenador-geral de Bolsas e Projetos, coordenador-geral de Programas e coordenador de Cooperação Sul-Norte da Diretoria de Relações Internacionais da CAPES. Atuou, ainda, como coordenador do Programa Ciência sem Fronteiras.

Já Álvaro Parisi atuava como chefe de gabinete da presidência do Inep desde 15 de setembro de 2021. No cargo, foi responsável por prestar assistência direta e imediata ao presidente, além de dar apoio à condução de projetos inovadores e contribuir para viabilizar a execução sustentável das iniciativas do Instituto. Para além das atribuições inerentes ao cargo de chefia de gabinete, seus principais desafios estavam ligados à execução do planejamento estratégico, ao acompanhamento e à interlocução entre as diretorias do Inep.

Formado em Eletrônica Industrial pelo Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal/Fastec), Parisi é mestre em Gerenciamento em Tecnologia da Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC). Possui MBA e pós-graduação em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e pela Universidade de Ohio (EUA), além de ser pós-graduado em Administração e Marketing. Parisi iniciou a carreira em 1990, no setor de telecomunicações, no qual atuou por mais de uma década, tendo assumido a gerência de projetos e operações do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações e Tecnologia da Informação (CPQD). Na instituição, também foi gerente de mercado empresarial. O profissional esteve à frente de inúmeros projetos de inovação e exerceu funções de média e alta gestão na área de operações no segmento da educação superior, em grandes grupos educacionais.

Atribuições – A Daes tem como atribuições conceber, planejar, coordenar, operacionalizar e analisar as ações voltadas à avaliação de instituições de educação superior, cursos de graduação e estudantes, articulando-se com os sistemas federal, estaduais e distrital de ensino. Também é sua responsabilidade definir e propor parâmetros, critérios e mecanismos para a realização de exames e avaliações da educação superior, bem como coordenar o processo de consolidação e divulgação dos resultados e produtos.

A Daes ainda responde pelas ações relativas aos bancos de avaliadores dos sistemas de avaliação de educação superior e ao banco de colaboradores do Banco Nacional de Itens da Educação Superior (BNI-ES), por meio do qual elabora processo de elaboração dos instrumentos de avaliação da educação superior; às avaliações internacionais para fins de acreditação de cursos de graduação no âmbito do Mercado Comum do Sul (Mercosul) e cooperações técnicas em articulação com governos, instituições públicas e privadas de outros países, organizações não governamentais e organismos internacionais.

Outras atribuições estão ligadas a estudos e pesquisas no âmbito da avaliação da educação superior; ao gerenciamento da Comissão Técnica de Acompanhamento da Avaliação (CTAA), instância recursal da avaliação in loco; às metodologias, aos cálculos e à divulgação de indicadores da educação superior, entre outras.

Já as competências da Dired envolvem o desenvolvimento de estudos relacionados a temas educacionais de interesse do Inep e do MEC, ao monitoramento dos planos nacionais de educação e à avaliação de políticas públicas na área de educação. A Dired também é responsável por elaborar e aprimorar indicadores educacionais, em articulação com as demais diretorias finalísticas do Inep; e articular-se com órgãos, entidades e pesquisadores externos, com vistas a estabelecer parcerias que viabilizem a participação do Inep em estudos e/ou pesquisas educacionais aplicadas ou comparadas.

Outras atribuições são: coordenar a política de atualização e aquisição de material bibliográfico e documental, a fim de constituir acervo especializado nas áreas de atuação do Inep; preservar, tratar, conservar e disseminar documentos históricos, informações educacionais e a produção bibliográfica do Inep; e planejar, coordenar e operacionalizar os serviços de acesso aos acervos bibliográficos, ao arquivo histórico, aos bancos de dados terminológicos e aos dados protegidos do Inep.

A política, a produção e a publicação editorial do Inep também fica sob responsabilidade da Dired, bem como a gestão da identidade visual da Autarquia; a organização e apoio a eventos relacionados à divulgação de informações educacionais, à comunicação científica e à gestão do conhecimento em educação; e a proposição de nomes para integrar conselhos, comitês e comissões assessoras, científicas, editoriais ou de especialistas que atendam às demandas de estudos educacionais, de acesso a dados protegidos, de desenvolvimento e disseminação de acervo e de produção editorial, coordenando, acompanhando e fiscalizando os trabalhos correlatos.

Assessoria de Comunicação Social do Inep
 



Página 1 de 110

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
>>








Rua 217, nº 180 Qd. 44 Lt. 10 Setor Leste Universitário Goiânia – Goiás CEP: 74603-090 (62)3225-1472
Interagi Tecnologia