Centro de Operações de Emergências estadual realiza primeira reunião de 2021

07/01/2021 11:32

Centro de Operações de Emergências estadual realiza primeira reunião de 2021

Encontros ocorrem quinzenalmente para avaliação do contexto, do cenário e de todas as providências que devem ser tomadas em relação ao coronavírus

 Publicado: 06 Janeiro 2021 Última Atualização: 06 Janeiro 2021

Os integrantes do Centro de Operações de Emergências (COE) em Saúde Pública de Goiás para Enfrentamento ao Coronavírus participaram de reunião virtual nesta quarta-feira, 6, para debater as ações relacionadas ao vírus, nos âmbitos da vigilância em saúde e assistência. Entre os temas foram apresentados a situação epidemiológica da Covid-19 em Goiás; apresentação do Plano Estadual de Imunização; situação da rede assistencial de leitos públicos e privados; e retorno das aulas.

A superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), Flúvia Amorim, apresentou o “Plano de Operacionalização para a Vacinação contra Covid-19 no Estado de Goiás”, que estabelece as ações e estratégias para a operacionalização da vacinação contra o vírus no território goiano.  

Além de informar as responsabilidades do Estado e dos municípios na vacinação, o documento apresenta o público-alvo para a vacinação, conforme recomendação do Ministério da Saúde. Também descreve os aspectos logísticos envolvidos no recebimento, armazenamento e distribuição dos imunobiológicos. 

Outros objetivos do Plano são subsidiar os gestores municipais na construção de planos locais, a fim de minimizar os riscos durante o processo de vacinação. O alvo principal é alcançar as metas propostas de cobertura vacinal, seguindo criteriosamente as definições de grupos prioritários a serem vacinados. “Após apresentação do documento na próxima reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que será na próxima terça-feira, 12, o plano será disponibilizado no site da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás”, explicou Flúvia.

Sobre a solicitação de aumento da capacidade de alunos em sala de aula nas escolas particulares de 30% para 50%, feito pelo representante  do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino de Goiânia (SEPE), Flávio Roberto de Castro, foi deliberado pelo COE que a proposta deverá ser antes, debatida no Grupo de Trabalho de Educação. Em duas semanas, a proposta será novamente levada ao Centro.

COE

As reuniões do COE são realizadas quinzenalmente, para avaliação do contexto, do cenário e de todas as providências que devem ser tomadas em relação à pandemia de Covid-19. O COE reúne representantes de diversas instituições municipais, estadual e federal,  tendo caráter consultivo e deliberativo.

Patrícia Almeida/Comunicação Setorial

 

Foto: Organização Pan-Americana da Saúde

 


Página 1 de 78

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
>>








Rua 217, nº 180 Qd. 44 Lt. 10 Setor Leste Universitário Goiânia – Goiás CEP: 74603-090 (62)3225-1472
Interagi Tecnologia