Plataforma educacional do MEC tem o maior número de acessos dos últimos 12 meses

30/03/2020 09:30

Plataforma educacional do MEC tem o maior número de acessos dos últimos 12 meses

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO • 27 de março de 2020

A AVAMEC, ambiente virtual de aprendizagem do Ministério da Educação (MEC), registrou mais de 340 mil acessos em março. O número, apesar de o mês ainda não ter chegado ao final, já é o recorde dos últimos 12 meses. A série histórica registrada pelo MEC tem início em abril de 2019.

Os acessos à plataforma aumentaram 154% em relação a fevereiro deste ano, quando 136 mil entradas foram realizadas. Quase 22 mil usuários se cadastraram no sistema só neste mês.

A AVAMEC é um sistema on-line que permite a concepção e a administração de cursos a distância. Desenvolvido pela Secretaria de Educação Básica (SEB) do MEC em parceria com o Laboratório de Tecnologia da Informação e Mídias Educacionais (LabTIME) da Universidade Federal de Goiás (UFG), a ferramenta faz parte do programa Educação Conectada, que tem como um dos objetivos fomentar o uso pedagógico de tecnologias digitais na educação básica.

A plataforma oferta cursos, como práticas de alfabetização, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), gestão escolar, movimentos básicos do esporte paraolímpico, tecnologia de informação e pensamento computacional.

Segundo o coordenador-geral de Tecnologia e Inovação da SEB, Alexandre Mathias, além de estudantes e professores, os cursos podem ser realizados por pais, responsáveis e qualquer interessado nos temas. “A maior parte dos cursos é aberta, ou seja, a pessoa faz o cadastro e já tem acesso ao conteúdo automaticamente”, explicou.

Ao todo, a plataforma tem 179 mil usuários registrados e 1.244 turmas de ensino a distância. Além da SEB, as secretarias de Alfabetização (Sealf) e de Educação Superior (Sesu) do MEC também ofertam cursos no ambiente virtual. Elas se juntam a outras 16 instituições com turmas na ferramenta, como a UFG, a Controladoria-Geral da União (CGU), a Secretaria de Educação do município de São Bernardo do Campo (SP) e a Secretaria de Estado da Educação de Goiás.

Ao final do curso, se a pessoa cumprir todos os requisitos, ela tem direito a um documento declaratório de que cumpriu aquela carga horária. “Isso pode ser utilizado na rede de ensino para a progressão profissional e ajudar o estudante na carreira ou na universidade para comprovar que efetivamente realizou curso e atingiu as horas exigidas”, destacou Alexandre.

A AVAMEC disponibiliza um código de validação para poder reconhecer o documento depois. “Dessa forma, a rede de educação pode acessar a plataforma do MEC e, com esse código, validar a realização do curso e obter informações sobre carga horária. Com o código é possível ver quem fez o curso e qual a carga horária foi realizada. Serve para alunos comprovarem que terminaram o que foi proposto no início das aulas.

O coordenador-geral destacou que aproveitar o isolamento em casa por conta das medidas de prevenção ao novo coronavírus pode abrir uma oportunidade de investimento na autoformação pelos cursos a distância.

Notícia publicada no site MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, em 27/03/2020, no endereço eletrônico: http://portal.mec.gov.br/component/content/index.php?option=com_content&view=article&id=87011:plataforma-educacional-do-mec-tem-o-maior-numero-de-acesso-dos-ultimos-12-meses&catid=211



Página 1 de 61

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
>>








Rua 217, nº 180 Qd. 44 Lt. 10 Setor Leste Universitário Goiânia – Goiás CEP: 74603-090 (62)3225-1472
Interagi Tecnologia