Atraso no Bolsa Universitária chega a R$ 60 milhões e pode deixar 20 mil alunos fora da faculdade

27/09/2018 11:58

Atraso no Bolsa Universitária chega a R$ 60 milhões e pode deixar 20 mil alunos fora da faculdade

Repasse dos recursos por parte do Governo referentes à execução do programa está com seis meses de dívida

27/09/2018

Com mais de R$ 60 milhões em dívidas e 20 mil alunos beneficiados, o repasse do programa Bolsa Universitária, da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) está com seis meses de atraso. A informação é do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Educação Superior do Estado de Goiás (Semesg), que realizou entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (27) para informar sobre o problema e alertar que alunos podem ficam sem estudar no próximo semestre.

De acordo com o presidente do Semesg, Jorge de Jesus Bernardo, a OVG não fez os repasses dos meses de fevereiro, março, abril, julho, agosto e setembro. Desde fevereiro, apenas maio e junho foram pagos. Em julho, há um agravante ainda maior, porque como são feitas matrículas, os alunos pagam o valor integral para serem ressarcidos depois, o que não aconteceu. Em matéria publicada pelo POPULAR no último dia 15 de setembro, o governo informou que o repasse da matrícula seria feito até o dia 25 de setembro, o que também não foi cumprido.

“A situação pode inviabilizar a continuidade do programa no ano que vem e temos mais um agravante, ainda não sabemos quem será o próximo governador e se o programa vai continuar. Estamos há meses tentando negociar, sem sucesso. São 63 instituições que hoje participam do programa e se a dívida se acumular até dezembro pode chegar a R$ 100 milhões. As faculdades não vão querer continuar arcando com o prejuízo”, explica o presidente do Sindicato.

Em nota, a Secretaria da Fazenda (Sefaz) e a OVG informaram que têm feito repasses às instituições que atendem o programa Bolsa Universitária. “Nos meses de julho e agosto, por exemplo, foram repassados R$ 16,8 milhões. Conforme o pactuado com as instituições, outros R$ 10,23 milhões serão repassados até sexta-feira (28). Porém, ocorreram atrasos e restam cerca de R$ 35 milhões que serão pagos até dezembro”, diz a nota. A Sefaz e a OVG reafirmaram ainda compromisso e respeito com as instituições parceiras e disseram que irão continuar honrando com o compromisso assumido.

O programa


Criado em 1999, o programa Bolsa Universitária é destinado a alunos matriculados em instituições particulares de ensino superior no Estado de Goiás ou em Fundações que cobram mensalidade. A bolsa parcial beneficia universitários que têm renda bruta familiar mensal de até seis salários mínimos. Já a bolsa integral contempla alunos com renda bruta familiar de até três salários mínimo. O programa que conta hoje com 20 mil alunos beneficiados, já atendeu mais de 200 mil estudantes.

Fonte: Jornal O Popular - Catherine Moraes
 

Rua 217, nº 180 Qd. 44 Lt. 10 Setor Leste Universitário Goiânia – Goiás CEP: 74603-090 (62)3225-1472
Interagi Tecnologia