SEMESG promove mais uma importante palestra

13/09/2018 16:14

SEMESG promove mais uma importante palestra

Seguindo as metas da atual diretoria, dentre as quais a de oferecer opções de aperfeiçoamento de conhecimentos, o Sindicato das Empresas Mantenedoras do Ensino Superior em Goiás (SEMESG) promoveu no auditório do CRECI-GO mais uma importante palestra que contou com um grande número de participantes. O Presidente do Conselho da HOPER Educação, Cosme Massi, discorreu sobre o tema “Indicadores de Aprendizagem dos Cursos de Direito e Administração do Brasil”.  Dentre os assuntos abordados, Como medir a aprendizagem por meio do ENADE usando a tecnologia Learning Analystics, Os resultados da aprendizagem dos cursos de Direito e Administração no Brasil e Resultados de aprendizagem em termos de conteúdos, processos cognitivos e habilidades.
A abertura do evento foi feita pelo diretor do SEMESG, professor Divino Eterno de Paula (UNIFAN) o qual destacou a importância do evento e a preocupação da entidade em dar total apoio aos estabelecimentos filiados.


Para Cosme Massi é importante a avaliação do conteúdo ministrado pelas faculdades e universidades aos alunos, “identificando os pontos considerados vulneráveis através dos indicadores de aprendizado e, a partir daí, orientar os estabelecimentos tomando por base o conteúdo, a competência e as habilidades”. “Nós usamos uma metodologia apoiada nas taxionomias de aprendizagem moderna possibilitando identificar quais conteúdos o ENADE mede, mostrando como isso pode ser utilizado para examinar os cursos ministrados”.  É importante que as faculdades aperfeiçoem seus sistemas de ensino para ter uma performance maior. O objetivo principal é o de fazer com a que a taxa de aprendizagem do aluno seja sempre crescente. “É importante hoje ministrar cursos pensando na aprendizagem do aluno, em suas carências e necessidades, e não tão somente com o que deseja o corpo docente do estabelecimento de ensino”, salientou.
O professor Divino Eterno de Paula, ao avaliar o grau de aprendizagem, mostrou-se muito preocupado com o nível de conhecimento com que os alunos do ensino básico chegam aos cursos superiores.  “A nossa grande preocupação está centrada na perspectiva da qualidade do ensino. Nós temos muitas preocupações, principalmente no ensino superior. Hoje nós recebemos alunos do ensino médio, do fundamental, que quando ingressam nas universidades apresentam até mesmo dificuldades para ler e escrever. É muito preocupante. Por isso temos que debater, temos que discutir muito o processo da aprendizagem, do processo científico como um todo. Buscamos sempre direcionar para uma educação de qualidade”. Para ele, as faculdades e universidades privadas, em cumprimento ao exigido pela legislação, têm melhorado a qualidade do ensino didático e pedagógico.

Ouça na íntegra a entrevista

Assessoria de Comunicação do SEMESG - Libório Santos
 

Rua 217, nº 180 Qd. 44 Lt. 10 Setor Leste Universitário Goiânia – Goiás CEP: 74603-090 (62)3225-1472
Interagi Tecnologia